Existem inúmeros pontos que exigem sua atenção mas veja os 5 itens que você precisa se atentar na compra do seu primeiro imóvel.

A compra do primeiro apartamento é muito importante e exige um planejamento cuidadoso. Por fim, é um passo significativo na vida de alguém. Além das finanças, há uma série de outras questões a serem consideradas. Confira um passo a passo de tudo o que você precisa saber antes de comprar seu primeiro apartamento!

 

1. Crie uma estratégia financeira

Para atingir qualquer objetivo, você deve primeiro aprender a administrar seu próprio dinheiro. O caminho para adquirir um item de alto valor, como uma casa, é a responsabilidade e segurança através do planejamento.

O primeiro passo é realizar uma análise financeira pessoal, ou seja, determinar se o que você ganha é compatível com o que você gasta. Se os resultados revelarem um desequilíbrio no orçamento, é fundamental estabelecer limites de gastos. Isso também significa que alguns hábitos terão que ser mudados.

Existe uma fórmula simples que pode ser usada para estabelecer parâmetros de gastos: 50-30-20. Veja um exemplo de como usar :

 

50% para despesas necessárias

As despesas necessárias costumam ser as contas fixas do mês como por exemplo aluguel, condomínio, água, luz, gás, manutenção da casa, escola de filhos, faculdade, plano de saúde, medicamentos de uso frequente, compras do mercado, refeição no trabalho, combustível, estacionamento, entre outros.

De acordo com a regra 50% do que você ganha, deve ser destinado à essas despesas.

 

30% para os custos variáveis

Os custos variáveis são denominados por aqueles gastos pontuais, que não são necessários. Alguns desses gastos são restaurantes, cuidados pessoais, contas de celular, televisão a cabo, academia, lazer, compras, entre outras coisas. Uma dica é não deixar de anotar nenhum gasto, por menor que seja.

 

20% destinados à reserva financeira

Nunca sabemos a hora em que um imprevisto virá a acontecer, por isso é necessário fazer uma reserva de emergência que serve também para investimentos. Essa reserva deve corresponder a 20% dos seus ganhos.

 

2. Pesquise o mercado

Depois de organizar suas finanças, é hora de olhar para o mercado imobiliário para ver se agora é um bom momento para comprar um apartamento, se atente as taxas.

A taxa Selic, importante para quem está pensando na compra do primeiro imóvel, é uma métrica que tem implicações financeiras diretas, quanto maior a inflação, maior será essa taxa. Porém com os juros altos, o preço das mercadorias também sobe, consequentemente,  as pessoas tendem a comprar menos, isso força o mercado a baixar os preços e desacelerar a inflação.

Outro ponto a ser considerado é o custo do metro quadrado nos bairros onde deseja morar. De acordo com um levantamento realizado pelo site Imovelweb em abril de 2021, o custo médio de um metro quadrado na cidade de Santos é de R$ 8.527/m².

 

3. Conheça as diferentes opções de pagamento

Se o objetivo é comprar uma casa, você também deve considerar as taxas e impostos que acompanham esse tipo de transação, como a alíquota do ITBI.

Saiba o que é ITBI.

No caso do financiamento imobiliário, existem atualmente dois sistemas principais: o Sistema Financeiro de Habitação ( SFH ) e o Sistema de Financiamento Imobiliário ( SFI).

A principal diferença entre o SFH e o SFI é que o primeiro estabelece algumas condições para o financiamento imobiliário, como restrição ao valor de avaliação do imóvel e taxas de juros. Já o segundo, é permitido a negociação de forma livre entre a instituição financeira e o cliente, já que não há condições preestabelecidas.

 

 

4. Aprenda a verificar sua pontuação

A pontuação leva em consideração uma variedade de fatores para determinar a pontuação de crédito do consumidor, que varia de 0 a 1000. Como resultado, a pontuação mostrará à empresa quanto risco ela enfrenta ao investir dinheiro.

Uma boa pontuação de crédito pode melhorar suas chances de conseguir crédito, negociar valores mais altos e obter melhores taxas de juros. Com uma pontuação alta, a instituição reconhece que investir dinheiro é menos arriscado. No entanto, a pontuação não é a única coisa que é analisada.

 

5. Examine a documentação

Esta seção exige muita atenção. É fundamental verificar todas as taxas que serão cobradas no financiamento, incluindo o reajuste pelo Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), que é utilizado na maioria dos contratos, bem como os prazos de pagamento.

É fundamental examinar o memorial descritivo da construção no caso de imóveis adquiridos no térreo. Ele é exigido por lei e deve ser entregue, uma vez registrado, antes mesmo do início do negócio ou do início da obra.

As informações fundamentais sobre a casa estão contidas no memorial descritivo da construção: metragem, materiais utilizados, estruturas, especificações de projeto (como portas de garagem), instalações elétricas, louças, reformas, entre outros detalhes.

 



Compartilhar este post:

Posts relacionados:
Aspirador robô para facilitar a limpeza da sua casa, vale a pena?

No mundo agitado de hoje, encontrar tempo para manter nossa casa limpa e organizada pode ser um verdadeiro desafio. Felizmente, a tecnologia está constantemente evoluindo para nos ajudar a simplificar as tarefas domésticas.

Guia Completo: Documentos necessários para comprar um apartamento na planta em Santos

Criamos esse guia completo para você saber quais os documentos necessários para comprar um apartamento na planta em Santos. Adquirir um imóvel próprio, é uma decisão emocionante, mas também envolve uma série de procedimentos e documentações que demandam atenção.